article

Conheça 5 situações comuns da sudorese

Situações comuns da sudorese

Suar é normal porém quando é demais ou em situações incomuns pode indicar algum problema, por isso é importante estar atento a sua saúde. Aqui nessa publicação você vai conhecer algumas situações comuns da sudorese: Após comer, tontura, ansiedade, noturna e após atividade física.

Lembrando que sudorese não é necessariamente o suor acompanhado do mau cheiro. O mau cheiro é causado pela Bromidrose, que tem tratamentos e cura. 

A sudorese é muito comum, e se manifesta em várias partes do corpo. Vamos a algumas situações de sudorese?

Sudorese após comer

sudorese após comer

Após comer podemos ter sudorese e isso pode acontecer devido ao tipo de alimento que estamos ingerindo, e não é algo tão frequente. Mas algumas pessoas podem possuir uma disfunção na produção de saliva e suar excessivamente frequentemente e independente do alimento.

O nome dessa disfunção é Síndrome de Frey, ela se caracteriza pela produção incorreta de suor ao invés de produção de saliva. Isso acontece devido a um dano do nervo ligado às glândulas parótidas (salivar), que precisavam ativar as glândulas salivares mas por um erro, ativar as glândulas sudoríparas.  

Os tratamentos são de efeitos limitados, mas algumas medidas podem contribuir, como:

  • Evite ingerir alimentos que de alguma forma desencadeiam a produção de suor, como: comidas apimentadas, cítricas, quentes ou termogênicas.
  • Diminua o consumo de álcool. 

 

Sudorese e tontura

Tontura e sudorese

Sudorese e tontura podem ser sinais de hipoglicemia, e pode acontecer com pessoas que possuem diabetes ou não. Ocorre pela baixa concentração de glicose no sangue. Isso acontece por um desequilíbrio entre a quantidade de glicose no sangue e no interior das células.

Quando há uma grande entrada de glicose nas células e pouca presença no sangue, é necessário restabelecer o equilíbrio. Quando a crise aparecer, o indicado é ingerir de 15g a 20 g de carboidrato para voltar ao normal. Alguns sintomas são:

  • Cansaço
  • Sudorese excessiva
  • tontura
  • confusão mental
  • Ritmo cardíaco acelerado
  • Secura na boca
  • Sonolência
  • formigamento
  • dor de cabeça

Sudorese causada por ansiedade

Sudorese causada por ansiedade

O processo de produção de suor é regulado pelo aumento de temperatura corporal, mas também pode ser uma reação às mudanças emocionais.

Isso acontece pois ao ficarmos ansiosos ou estressados, nossos níveis hormonais são alterados e isso desencadeia uma resposta ao nosso corpo que pode interpretar errado e te fazer suar, por isso ao ficar ansioso para uma entrevista de emprego, você pode suar.

Por isso é importante estar atento aos sinais que nosso corpo dá, caso sinta necessidade busque ajuda psicológica. 

Sudorese noturna

sudorese noturna

Acordar encharcado não é nada agradável, e pode atrapalhar nossa rotina de sono. Mas porque isso acontece? Pode ser apenas pela roupa que está usando ou cobertor mais quente mas pode ser por outras causas, principalmente se for frequente. 

Você pode estar tendo apneia do sono. Entre um ronco e outro pode ocorrer engasgos, esses engasgos são momentos onde a pessoa pára de respirar, com isso a pessoa pode suar. A apneia interrompe o fluxo de oxigênio para o cérebro e traz diversas consequências para a vida do indivíduo.

Em mulheres, uma causa pode ser a menopausa. Devido às alterações hormonais que o corpo da mulher passa na menopausa tem efeitos na alteração da temperatura corporal e isso pode acarretar em suor noturno.

Sudorese após atividade física

Ao praticar uma atividade física, nossa temperatura corporal se eleva, desencadeando uma resposta do nosso sistema de termorregulação, a produção de suor. Isso é muito comum e benéfico ao nosso corpo e sem ele, entraríamos em choque.

Por isso, suar enquanto estamos fazendo alguma atividade física é normal. Suar demais sem motivo pode ter outras causas, fique atento e busque um médico. 

Whatsapp