article

Queratose: Saiba o que é, conheça tipos e como tratar

queratose

A camada mais externa da pele, conhecida como estrato córneo, é formada por uma série de camadas de células mortas, sem núcleo que apresentam grande quantidade de queratina e estão em constante descamação.

Há casos onde ocorrem alterações nessa camada que podem ser desde pequenos círculos esbranquiçados até lesões pré malignas. Nesse artigo vamos entender um pouquinho sobre a Queratose.


O que é Queratose?

A queratose ou ceratose constitui uma alteração na camada superficial da pele (camada córnea - rica em células mortas e que atua como barreira de proteção), podendo ser observado hipertrofia, com aspecto escamoso ou verrucoso com lesões muito variáveis.


Tipos de Queratose

queratose

A Queratose pode ser observada como descamações na pele, que confere um aspecto envelhecido, ou com manchas arredondadas de cor marrom, ou ainda na forma de pequenas manchas esbranquiçadas podendo ser observado até verrugas. Pode ocorrer em todos os tipos de pele e em qualquer idade. São três os tipos de queratose conhecidos:


Queratose Pilar

A queratose pilar (ou folicular), também conhecida por ceratose pilar (ou folicular) é uma alteração comum na pele, onde observa-se manchas pequenas, semelhantes a acne, de coloração esbranquiçada ou avermelhada, que não costumam coçar ou doer. A pele fica áspera e ressecada, com aspecto de arrepiada. Pode ser observada nos braços, pernas, nádegas, coxas e bochechas. Essa condição é decorrente do acúmulo de queratina nos folículos pilosos formando manchas que podem ser confundidas com acne. 


Diferença entre foliculite e queratose pilar

É importante diferenciar a Queratose Pilar da Foliculite. A Queratose Pilar está associada ao excesso de queratina no pêlo e por vezes não tem tratamento, enquanto que a foliculite é um processo inflamatório ou mesmo infeccioso (quando envolve bactérias, vírus ou fungos) e que exige tratamento específico.


Queratose Actínica

A Queratose Actínica ou Ceratose Actínica, também conhecida como Queratose Solar, é uma lesão pré cancerosa da pele muito frequente. Além disso também é conhecida como queratose solar ou senil por ser provocada por exposição solar crônica. Surge em áreas expostas ao sol de forma repetida e por longos períodos, como face, orelhas, couro cabeludo (em calvos), decotes, dorso das mãos e antebraço.

As lesões se apresentam como manchas ou escamas esbranquiçadas ou castanhas, inicialmente levemente áspera que pode progredir para lesões ásperas e espessas, podendo evoluir para Carcinoma Espinocelular (segundo tipo de câncer de pele mais frequente). Pessoas de pele clara, cabelos loiros ou ruivos e olhos claros são mais propensas a desenvolver a doença. 


Queratose Seborreica

A Queratose Seborreica ou ceratose seborreica é uma alteração benigna da pele, sem causa específica (geralmente associada a fatores genéticos), onde observa-se lesões semelhantes a verrugas granuladas e ásperas, de coloração marrom ou negra, na cabeça, pescoço, peito ou costas. Estima-se que mais de 90% dos adultos acima de 60 anos tenham uma ou mais destas ceratoses.


Tratamento das Queratoses

queratose

Dos tipos de queratoses que apresentamos aqui vamos falar de maneiras e tratamentos possíveis para colocar em prática, de cada caso especificado.

 

Tratamento Queratose Pilar

Por ser uma alteração leve na pele e que não incomoda o paciente, muitas vezes nenhum tratamento é indicado e as lesões podem desaparecer sozinhas depois de um determinado tempo. No entanto, em alguns casos, pode ocorrer ressecamento da pele, ou mesmo pessoas que espremem as lesões, o que pode machucar, contaminar e provocar manchas permanentes. É possível que seja prescrito hidratantes e ceratolíticos. 


Tratamento Queratose Actínica

A Queratose Actínica é tratada com criocirurgia ( método de tratamento que usa temperaturas muito baixas, usando nitrogênio líquido, para destruir lesões dermatológicas), curetagem e laser. Também são utilizados medicamentos tópicos; a escolha fica a critério do dermatologista  levando em consideração a lesão, número e localização.

Tratamento da Queratose Seborreica

Em geral, por serem lesões benignas, não é necessário nenhum tipo de intervenção. Contudo, pode ser necessário a remoção de lesões caso ocorra irritação, sangramento ou por motivos estéticos. Pode ser feito por crioterapia, eletroterapia ou cauterização química.

 

Como cuidar bem da pele?

queratose

A pele precisa de cuidados especiais. Isso também vale para suas axilas. Invista em produtos naturais e que não agridam o ambiente. Já conhece o programa Adeus Desodorantes da Visto Bio? Axilas bem cuidadas, livre maus odores e ainda cuida do meio ambiente. Clique aqui e confira Visto.bio – Adeus Desodorantes

Conteúdos mais buscados



Teste a sua sorte e ganhe descontos na visto.bio!

Descubra se o visto.bio é um bom negócio pra você

Whatsapp