article

Microbiota da pele: Conheça mais sobre essa importante região

Microbiota da pele

A pele é o nosso maior órgão e é ela que possui o maior contato com o meio externo, por isso possui um papel importante de proteção ao nosso corpo. E para ajudar nessa proteção, existe a microbiota.

Você sabe o que é a microbiota? Vamos falar sobre ela nessa publicação.

O que é a microbiota da pele?

Microbiota da pele

A microbiota da pele é o nome utilizado para o conjunto de microorganismos (bactérias, fungos e vírus) que vivem sobre a nossa pele. Essa interação entre esses microorganismos e a nossa pele é muito benéfica para ambos os lados. 

Nossa pele é o maior órgão do nosso corpo e nela vivem diversos microrganismos como: bactérias, fungos e vírus. Esses microrganismos formam uma comunidade presente em diversas partes do corpo, com o objetivo de manter a saúde, pH em equilíbrio e a combater algumas doenças ou condições, como o ressecamento. 

O desenvolvimento da microbiota começa a partir do nascimento e já pode ser diferente, dependendo do tipo de parto. Além disso, a microbiota sofre modificações por fatores como: idade, sexo, aspectos genéticos e do sistema imunológico. Além disso, os fatores externos também atuam na modificação da microbiota, como: ambiente, higiene, uso de medicamentos e estilo de vida.  

A pele é o órgão mais exposto às mudanças ambientais e ao estresse, e possui uma grande relevância na proteção de microorganismos patogênicos, junto com a microbiota presente nela. 

A composição dos microrganismos que formam a microbiota pode ser dividida em: microrganismos residentes e microrganismos transitórios. Os microrganismos residentes, são considerados os fixos (que estão sempre presentes), vivem com interação de comensalismo, já que trás benefícios para o hospedeiro e não é prejudicial para a pele.

Qual a importância de cuidar do equilíbrio

Microbiota da pele

Cuidar da nossa microbiota da pele é extremamente importante para a proteção da pele e da saúde do corpo de forma geral, já que a primeira barreira protetora que o corpo possui, é a pele. 

Quando a microbiota está em desequilíbrio, passamos a sentir os efeitos negativos dessa alteração. A pele pode ficar sensível, ressecada, irritada, com mau cheiro e com as mudanças de estilo de vida, estresse e de alimentação, podem favorecer ao desenvolvimento de dermatites, espinhas, rosácea, psoríase, bromidrose, entre outros.

Como manter a microbiota das axilas equilibradas

Microbiota da pele

Para manter a microbiota da pele equilibrada precisamos praticar o autocuidado, mudar algumas coisas em nossa rotina e na nossa alimentação, já que muitas modificações da microbiota são causadas por estresse, mudanças hormonais, na produção de suor e sebo. 

Por isso, manter uma rotina de exercícios físicos, alimentação balanceada e reduzir o estresse no dia a dia e beber água, deixam a nossa pele mais feliz.

Além disso, outros cuidados podem ser tomados como: tomar banhos em temperatura morna, manter a hidratação da pele, evitar produtos abrasivos, ter atenção ao desodorante usado e nesse caso, o visto.bio age de maneira gentil com sua pele, eliminando as bactérias que causam o mau cheiro e mantendo a sua microbiota saudável e equilibrada. 


Participe do grupo VIP do visto.bio no WhatsApp e receba as melhores ofertas e cupons de desconto!

Whatsapp