article

Antitranspirantes: São bons ou ruins para a saúde?

antitranspirantes

Já se sentiu perdido diante de uma prateleira cheia de produtos indicados para o controle do suor ou mau cheiro nas axilas? Certamente já deve ter ouvido falar em antitranspirantes mas talvez não tenha prestado atenção nos seus componentes e os riscos que podem oferecer à sua saúde.

Nesse artigo vamos falar sobre a transpiração e quais as consequências do uso destes produtos.


O que é a transpiração

antitranspirantes e a transpiração do corpo

A transpiração, sudorese ou suor é um fenômeno natural e saudável. O suor é constituído basicamente por água e sais, liberados pelas glândulas sudoríparas.

Nosso corpo possui, em média três milhões de glândulas, divididas em écrinas, distribuídas por todo corpo, que produzem um suor leve e sem nenhum cheiro e as apócrinas, presentes nos folículos capilares do couro cabeludo, virilha, axilas, que liberam um suor rico em gorduras e proteínas, que quando metabolizado por bactérias resulta no mau cheiro.


Porque permitir a transpiração

O suor pode surgir devido a um esforço físico, febre, alteração na temperatura do ambiente ou mesmo estado emocional. Todos os dias suamos cerca de 10% da água que bebemos.  O principal objetivo da transpiração é o controle da temperatura corporal.

A prática de exercícios físicos muitas vezes vem acompanhada de suor e se traduz em uma série de benefícios como manutenção do peso corpóreo, energia e bom humor, além de contribuir para um sono melhor. O suor juntamente com a micção (ato de urinar) são responsáveis pela eliminação de metais pesados do organismo. 


Como funcionam os antitranspirantes

antitranspirantes

Os antitranspirantes tem como função reduzir a quantidade de bactérias e a umidade das axilas.

Eles possuem componentes antissépticos, como álcool e triclosan, que inibem a proliferação de bactérias diminuindo o cheiro desagradável e o cloreto de alumínio responsável por coagular proteínas formando estruturas bloqueadoras que fecham os ductos das glândulas sudoríparas, reduzindo a produção de suor.


Malefícios dos antitranspirantes

malefícios do antitranspirante

A indústria de cosméticos faz uso de diversos compostos de alumínio, procure no rótulo:

  • Aluminum chlorohydrate (cloridrato hidratado de alumínio), Aluminum Chloride(cloreto de alumínio), Ammonium Aluminum (sulfato de amônio de alumínio), Aluminum Sulfate (sulfato de alumínio), Aluminium Powder (pó de alumínio/alumínio em pó) e Magnesium Aluminum Silicate (silicato de magnésio e alumínio).

O alumínio tem capacidade coagular as proteínas como citado anteriormente, e isso pode obstruir os poros e causar inflamação da glândula. Já os parabenos, usados como conservantes, podem desencadear alergias além de aumentar o risco de câncer de mama e pele.

Além disso, o álcool e o triclosan podem desencadear reações alérgicas de desdorantes em peles sensíveis, resultando em vermelhidão, coceira e inchaço da área afetada. 


Soluções para não precisar do seu uso

Muitas pessoas têm buscado soluções inteligentes para evitar o uso de produtos que possam ser tóxicos para o organismo e com os desodorantes não é diferente. Existe uma busca por produtos que sejam livres de alumínio, parabenos, álcool, triclosan e fragrâncias artificiais.

A Visto Bio, fez o uso da nanotecnologia para desenvolver  um produto à base de óleos essenciais capaz de equilibrar a microbiota das axilas e dispensar para sempre o uso de desodorantes. Você não precisa ter mau odor, e pode ter a liberdade de cuidar da sua pele sem produtos agressivos, conheça o Programa Adeus Desodorantes.

Além disso, ainda contribui no consumo responsável de água uma vez que reduz a frequência da lavagem de roupas  e ainda preserva as peças por muito mais tempo. São muitos os benefícios, conheça um pouco mais acessando visto.bio

Conteúdos mais buscados



Teste a sua sorte e ganhe descontos na visto.bio!

Descubra se o visto.bio é um bom negócio pra você

Whatsapp